Amantes da poesia lêem Cecília Meireles na Academia BAI

Amantes da poesia lêem Cecília Meireles na Academia BAI

13 de março de 2020

Decorreu na tarde desta quarta-feira, no espaço multifunções da Academia BAI, o evento cultural Poesia à Quarta-feira. Na ocasião, a escritora Fátima Fernandes levou os amantes da poesia a reflectirem sobre a obra da escritora brasileira Cecília Meireles.

Segundo Fátima Fernandes, o primeiro trimestre cultural da Academia BAI é dedicado ao continente americano. “E uma vez que as mulheres precisam de representatividade, nada melhor do que uma poeta brasileira. No mês passado tivemos Pablo Neruda”, disse.

O crítico literário Hélder Simbad sublinhou que a capacidade que os versos de Cecília Meireles têm de atravessar seu tempo faz dela uma grande poetisa.

“Trata-se duma poeta sem medo que, numa altura em que havia poucas vozes femininas e a mulher tinha menos autoridade que hoje por imperativo social, cultural e político, soube impor-se e corrigir conceitos”,

Da leitura conjunta e troca de ideias sobre as mensagens que os poemas pretendiam transmitir, ficou claro que Cecília Meireles é uma das principais referências da literatura brasileira.

Cecília Meireles nasceu no Rio de Janeiro, a 7 de Novembro de 1901. Foi escritora, jornalista, professora e pintora. Embora sua obra apresente características simbolistas, Cecília destacou-se na segunda fase do modernismo no Brasil.


Texto: Lourenço Mussango

Fotografia: Santo César

Fonte: Neovibe

Tags: #AcademiaBAI , #PoesiaÀQuartaFeira , #CecíliaMeireles , #PoetisaBrasileira , #FátimaFernandes , #HélderSimbad