Tina Souvenir

Moda

Biografia

Laurentina Adriana Wassianga “Tina Souvenir”, nasceu em Kinshasa, República Democrática do Congo (RDC), a 24 de Julho de 1971. Filha de enfermeiro, André Loures Zongo e Laurinda Miguel Quiala veio para Angola com dois anos de idade e viveu no Uíge até 1977. Em Luanda residiu nos Coqueiros até os seus 11 anos altura em que se mudou para o Valódia. Aos 10 anos começou a despertar interesse pela moda. Com 11 atrevesse-se a desenhar o seu 1.º vestido africano que decidiu levar a uma vizinha costureira para o fazer. Com 14 anos faz uma blusa com um lençol branco de casa, que lhe custou um castigo e mesmo assim ganhou elogio perante a mãe e avó que sempre foram a sua inspiração. A partir dali passou a modificar todas as peças que comprava, a avó e a mãe sempre foram as suas divas considerando-lhes bastante elegantes. Desde muito cedo viu-lhes a usar lenços e panos do Congo dali surgiu a vontade de trabalhar com panos Africanos. A sua passagem por Espanha foi um pico para a recolha de experiências, estando sempre presente em trabalhos que se tratava de moda e dança. Recebeu vários convites mas nunca foi autorizada pela irmã mais velha e pelos pais, que priorizaram sempre a formação académica. Fez muitos trabalhos fotográficos e chegou a ser admitida pela TVE no programa 1,2,3 em 1986. Aos 20 anos de idade, em Angola, colabora com a Rádio Nacional de Angola (RNA) na área comercial, altura em que decide ensinar técnicas de passerelle. Tornou-se um êxito em 1991, teve alunos excelentes como Jorge, o 1º Mister Angola, Denise Serrão, Miss Luanda e Vânia considerada melhor manequim em 1991. Como colega e amigo teve sempre o apoio de José Carlos (Calú). Em 1992, faz a primeira apresentação no Hotel Panorama e igualmente no Centro Recreativo da Ilha. Voltando a fazer apresentações todos os anos nesses locais até 1996. Fez algumas apresentações na Televisão Pública de Angola (TPA), especialmente no programa ‘Ecos e Factos’ e varias vezes no fecho do Telejornal. Em 1997 fez parte da organização ensaiando os Manequins para o prestigiado desfile Cuca BGI no Teatro Avenida. No seu curriculum consta ainda a participação na primeira edição do Angola Fashion Week, dando o seu contributo ao evento à convite de Valdo Oliveira, então presidente. Valeu-lhe solicitações para desfiles em províncias como Moxico, Cabinda, Malange e Namibe. Em 2006 foi a estilista convidada para as festas do Moxico, organizando um desfile. Durante três anos fez as faixas do Comité Miss Luanda e foi júri do concurso de beleza, Miss Angola em 2012. Participou em desfiles em Portugal (Moda Famalicão), Brasil, desfile individual, de igual modo na Namíbia. Ainda nas duas edições de Moda FBA ( Fashion Bussines Angola). Recebeu Homenagens, pelo programa Janela Aberta, agência Mango´s, FBA, desfile Moda Famalicão, HCTA. Tina Souvenir pertenceu a Organização de Pioneiros Angolanos (OPA) de 1978 até 1982. Como estudante do EMEL (1987) foi escolhida para fazer parte da Associação dos Alunos do Ensino Medio ganhou o curso Básico de Formação Política e foi chamada para coordenar a área de Cultura e Arte onde no período de tarde ensinava os mais novos a dança e teatro. Em 1992, já a colaborar com a RNA na área comercial participou em todas as actividades dos Jovens do Sambizanga para a campanha Política. Nas eleições de 2008 criou camisas com a bandeira de Angola. O seu Atelier de Costura está localizado na Rua Rainha Ginga nº74, Bairro Coqueiros, Município da Ingombota e hoje serve o País com propriedade adquirida pelos anos. O atelier, com 21 funcionários faz o seu diferencial juntando vinhos, champanhe, cocktail acompanhado de gourmet angolano e africano e com vários serviços adicionais num só. A área de costura é composta por profissionais com um fabrico de roupas, cintos, chapéus, quadros, biombos, almofadas e forrar sapatos. As ambições para o futuro passam por criar uma linha de Roupões, toalhas de mesa e de banho, lençóis e colchas com padrões africanos

Comentários

Artista do mesmo gênero