Djaimilia Pereira de Almeida vence Prémio Fundação Eça de Queiroz

Djaimilia Pereira de Almeida vence Prémio Fundação Eça de Queiroz

28 de agosto de 2019

Com a obra ‘Luanda, Lisboa, Paraíso’, a escritora Djaimilia Pereira de Almeida conquistou a unanimidade do júri. O galardão, avaliado em 10 mil euros, será entregue no dia 14 de Setembro, na sede da Fundação Eça de Queiroz, no Porto.

A escritora de origem angolana concorria com David Machado, Hugo Mezena, Kalaf Epalanga e Maria Isaac.

A informação consta de um comunicado que a Neovibe teve acesso. No documento, o júri refere que a escritora, através de um pathos irónico e trabalho aturado da linguagem, resiste sempre ao óbvio e domina a narrativa do princípio ao fim.

Na decisão do júri, tomada por unanimidade, destaca-se a importância de a autora conseguir desenhar a solidão das personagens de forma magistral, numa contenção poética em que se estabelece o equilíbrio entre a esperança e o desespero.

Instituído em 2014 pela Fundação Eça de Queiroz, em colaboração com a Câmara Municipal de Baião, o objectivo é a promoção e o incentivo da produção de obras literárias em Língua Portuguesa e homenagear Eça de Queiroz.

Para esta edição, o corpo de júri estava constituído por Bruno Vieira Amaral, Isabel Lucas, Luísa Mellid-Franco, Manuel Pereira Cardoso e Maria Helena Santana.


Texto: Albino Tchilanda 

Fotografia: D.R

Fonte: Neovibe

Tags: #Prémio , #FundaçãoEçaDeQueiroz , #LuandaLisboaParaíso , #Livro , #DjaimiliaPereiraDeAlmeida , #Escritora