Nelma Pedro assume-se como uma artesã moderna que ama o que faz

Nelma Pedro assume-se como uma artesã moderna que ama o que faz

30 de maio de 2019

Nelma Pedro nasceu há 29 anos, em Luanda. Amante de Jazz, Balada e Kuduro, a jovem artesã assume-se como uma artista moderna, resiliente, focada e que ama o que faz. Sua inspiração vem do observar e pensar em acessórios que ficariam bem a certas pessoas.

A detentora da marca ‘Dona Nelma Acessórios’ considera-se uma amante de livros sobre empreendedorismo, liderança e biografias de grandes líderes. A fotografia e o cinema são as suas outras paixões.

O artesanato surge em sua vida numa fase difícil. Ao perder o emprego em 2013, decidiu fazer alguma coisa que a ocupasse.

“Comecei por modificar algumas roupas. Aumentava adereços como missangas e correntes em blusas minhas. Depois, as minhas amigas pediram para que fizesse tais alterações em suas roupas”, contou.

De tanta procura, Nelma Pedro decidiu pesquisar para aperfeiçoar o que já fazia. Desde então, a base do autodidatismo, descobriu outras técnicas e materiais para confecionar colares, brincos, pulseiras, pendente para blusas e missangas da alma para mulheres.

Ao perceber que o que fazia encontrava aceitação no universo feminino, a jovem artesã sentiu a necessidade de se organizar. “Tive que criar a marca DNA Acessórios, arranjar um atelier e contratar duas artesãs e um entregador”, revelou.

Nelma Pedro é uma artista e empreendedora atenta ao que os outros vão fazendo dentro do universo do bordado. Tanto é que passou a receber várias encomendas e nos dias de hoje tem clientes que compram a grosso e revender nas províncias onde vivem.

Para confecionar acessórios, Nelma Pedro usa produtos missangas, correntes, tecidos, linhas e contas. “Os acessórios que faço são baratos. Os brincos variam entre quinhentos a três mil Kwanzas. Cada colar sai por apenas quatro mil e quinhentos Kwanzas”, declarou.

Para si, a marca DNA Acessórios oferece produtos de qualidade, duráveis e recicláveis. “São produtos que raramente perdem a cor. E o feedback tem sido positivo, embora por agora satisfaço apenas as necessidades do público feminino”, gabou-se.

Através do Facebook da marca DNA Acessórios, Nelma Pedro procura ouvir e perceber o que seus clientes gostam e desejam. E para responder a exigência de um público heterogéneo, pretende em Agosto próximo fazer a apresentação oficial da sua marca.


Texto: Lourenço Mussango

Fotografia: Santo César

Fonte: Neovibe

Tags: #NelmaPedro , #Artesã , #Artista , #DNAAcessórios , #Marca , #Artesanato