Agora já com 6 anos Wende Bocado deixa marcas no recital Vozes D’África

Agora já com 6 anos Wende Bocado deixa marcas no recital Vozes D’África

9 de maio de 2019

Durante a 4.ª edição do recital poético Vozes D’África organizado ontem à noite pelo Movimento Lev’Arte, no Centro Cultural Português, em Luanda, a pequena Wende Bocado voltou a surpreender o público. Sucinta, explicou o seu propósito com a arte.

O recital tem como objectivo homenagear os poetas do continente. Na 4.ª edição, o poeta e primeiro presidente senegalês, Léopold Sédar Senghor, Agostinho Neto e Jofre Rocha foram os destaques.

Para além da pequena Wende Bocado, Katya Santos, Kiocamba Cassua, Marcos Jinguba, Don Afonso de Sá entre outros poetas do Lev’Arte também estiveram em alta.

Ao engrandecer as vozes do continente berço, a organização juvenil quer esclarecer os demais sobre o papel que a escrita desempenhou na formação dos ideais africanos, segundo Don Afonso de Sá, coordenador do Lev’Arte Núcleo de Luanda.

Emoções e troca de experiências marcaram a noite. A poetisa de 6 anos deixou a plateia rendida ao recitar ‘Havemos de Voltar’, de Agostinho Neto.

À Neovibe, Wende Bocado disse que faz poesia porque pretende ajudar outras crianças a serem poetisas e a familiarizarem-se com os livros. “Gosto muito. Quero incentivar outras crianças”, disse.

A 4.ª edição da noite que homenageia os poetas do continente acontece numa altura em que a agremiação cultural juvenil está prestes a celebrar o 13.º aniversário.  



Texto: Albino Tchilanda

Fotografia: Alcides da Conceição

 

Fonte: Neovibe

Tags: #RecitalPoético , #VozesD’África , #MovimentoLev’Arte , #WendeBocado