“O Rap tornou-me num ser humano melhor”: The Freestyler

“O Rap tornou-me num ser humano melhor”: The Freestyler

15 de maio de 2019

The Freestyler, de nome próprio Elísio Octávio da Conceição Capitão, nasceu há 29 anos, em Luanda. Finalista do curso de Análises Clínicas e Saúde Pública, é rapper, atleta e proprietário da marca O Gordo.

Embora seja um artista versátil e consiga rimar sobre um instrumental de Jazz ou Guetto Zouk, The Freestyler assume-se como um rapper conservador e garante não mudar de estilo por causa da fama imediata.

The Freestyler usa a sua música para transmitir mensagens educativas e que, de certa forma, entretém os seus ouvintes. Tem como referência musical os artistas Valdemar Bastos, Djavan, Eminem, Nas, Nach, Boss AC, Army Squad, Lura, Jay-Z, Valete, Kizua Gourgel, Mv Bill, 2Pac, Rick Ross, Lil Wayne e tantos outros.

Em 2014 lançou oficialmente a sua primeira mixtape intitulada ‘Semper Fi vol. I’. Seguidamente disponibilizou alguns temas e teve participações em projectos musicais de outros artistas. Já em 2017 publicou o EP ‘Música P’ra Ti’.

“Tenho um projecto com Tchilson Jorge preste a sair. Tenho também um com HFLOW e outro com Daking, ainda sem datas para saírem.  São projectos muito bons e o pessoal que gosta de bom Rap não terá nada a perder”, garantiu.

Nas suas músicas, The Freestyler procura transmitir mensagens de superação, amor, gratidão e conquistas.

“O Rap tornou-me num ser humano melhor. Fez-me ter fome de conhecimento e de me abrir para o mundo. Pode até parecer cliché, mas o Rap me tirou um peso grande das costas e me trouxe paz…”, contou.

The Freestyler disse que o nome da sua marca de roupa ‘O Gordo’ surge do facto de se considerar gordo. “Por várias vezes eu ouvi insultos por ser gordo. Então, depois de algum tempo, já maduro, decidi usar isso ao meu favor. Resolvi criar a marca com o objectivo de mudar a falsa visão de que o gordo é algo desleixado, errado, doente e etc.”, sublinhou.

Com a marca ‘O Gordo’, The Freestyler diz já ser possível tirar algum proveito. “A minha marca ainda não tem um ano de existência, mas já consigo manter a linha de produção da mesma, pagar algumas contas e sustentar alguns vícios”, enfatizou.

 O jovem rapper e empreendedor deseja terminar o curso superior e ajudar o país na sua área de formação. Pretende ter um livro e um álbum publicados e tornar ‘O Gordo’ numa marca de grande consumo em Angola e além-fronteira.

“O meu maior sonho é fazer música com os meus ídolos Boss AC, Nach, Kizua Gourgel, Djavan e Lura”, augurou.

Antes de se despedir da nossa equipa, The Freestyler fez questão de dizer que 2Pac é o melhor papper de todos os tempos.



Texto: Lourenço Mussango

Fotografia: Alcides da Conceição

Fonte: Neovibe

Tags: #TheFreestyler , #Rapper , #Empreendedor , #OGordo , #Marca