Wilder Amado e Ilia Kushner unem-se e lançam disco que fortalece a música africana

Wilder Amado e Ilia Kushner unem-se e lançam disco que fortalece a música africana

2 de outubro de 2019

Os Wí é uma dupla de angolano e israelita que canta em Hebraico, Kimbundu, Inglês e Português. Sua musicalidade resulta da fusão entre a Música Urbana de Angola e outras de matriz africana. Este mês, vai apresentar o seu primeiro disco 'Kudissanga'.

Com oito faixas musicais, seis das quais originais e dois covers, o disco traz temas em Kimbundu, Português e Inglês e será apresentado às 19 horas do dia 17 de Outubro, no Miami Beach, em Luanda.

Tudo começou em 2013 quando Wilder Amado (angolano) e Ilia Kushner (israelita) decidiram juntar-se para criar uma dupla enraizada na música Urbana de Angola, outras de matriz africana e algumas influências da Música Popular Brasileira.

“O Ilia já vivia cá. Conhecemo-nos em 2013 no King's Club. Mais tarde, criamos uma produtora. Entretanto, esta obra é a nossa identidade”, narrou Wilder Amado.

Bons executantes de guitarra, piano, saxofone e  kissange , Wilder Amado e Ilia Kushner lançam um CD “demo” que resume as suas capacidades musicais.

O disco foi produzido entre Angola, África do Sul, Brasil e Estados Unidos e estará disponível nos formatos físico e digital.

Ilia Kushner conta que, ao apaixonar-se pela música angolana, pensou em fazer um estilo que juntasse a Música Urbana de Angola e as de matriz africana para os caracterizar.

“Eu já toquei com Filipe Mukenga, Gabriel Tchiema, Anabela Aya e Kiaku Kyadaff. Os Wí trazem as raízes de Angola, para além das influências da MPB”, explica.

A obra conta com participações instrumentais de israelitas, angolanos, tswaneses, sul-africanos e congoleses.

Kudissanga, reunião ou convívio, em Kimbundu, começou a ser gravado em 2014, na África do Sul, depois passou por Brasil e Estados Unidos, e foi concluído no ano passado.  

O duo já apresentou o CD em Espanha, Holanda, Alemanha, Portugal e vão para França. Depois da primeira apresentação em Luanda, vão à Fundação Arte e Cultura. 

No ano passado os Wí fizeram uma tournée em cinco países europeus, tendo ainda actuado em São Tomé e Príncipe e na África do Sul.  E para o mês de Outubro, sob o selo da Jazz In, têm concertos agendados nos dias 04, 05 e 17.


Texto: Albino Tchilanda

Fotografia: Alcides da Conceição

 

 

Fonte: Neovibe

Tags: #OsWí , #Duo , #WilderAmado , #Kudissanga , #PrimeiroÁlbum