“Sempre sonhei fazer um concerto nesta casa de cultura”: Bona Ska

“Sempre sonhei fazer um concerto nesta casa de cultura”: Bona Ska

18 de setembro de 2019

Expressamente Bona – conecte-se é o nome do espectáculo multi-cultural protagonizado pelo músico e slammer Bona Ska. Para além de apresentar as particularidades do artista, o evento também serviu para que seus colegas exibissem suas aptidões artísticas.

O concerto teve lugar na última sexta-feira (13), no Elinga Teatro, em Luanda, e reuniu música, spoken word e literatura. Acompanhado pela banda Omwenho Groove, Bona Ska declamou poemas e interpretou canções próprias.

O homem da noite confessou que foi com tamanha alegria que protagonizou o seu primeiro concerto no Elinga Teatro, um palco ecléctico que sobrevive em Luanda há mais de três décadas.

“Sempre sonhei fazer um concerto nesta casa de cultura e foi para mim uma grande honra poder receber-vos e tocar-vos com a minha alma solipsista”, disse.

Para Gari Sinedima, o concerto Expressamente Bona – conecte-se surgiu para transformar a Sexta-feira 13 em dia de bênção e alegria.

O espectáculo apresentado por Lourenço Mussango e Rock serviu também para a slammer Antónia Santos e a cantora Kloe Teixeira mostrarem suas facetas artísticas.

Na sua intervenção, Lourenço Mussango enalteceu a iniciativa e elogiou as qualidades de Bona Ska. Para o jovem jornalista, o músico e slammer carrega uma particularidade difícil de descrever. 

“Isto não é apenas um concerto. Estamos a festejar a qualidade de um grande artista”, referiu.

O evento ficou ainda marcado pela venda dos livros Ausentes e Ritmos de Luta - o Semba como ferramenta de libertação, publicações da Asa de Papel Editora.


Texto: Albino Tchilanda

Fotografia: Alcides da Conceição

 

 

Fonte: Neovibe

Tags: #ExpressamenteBona , #ConecteSe , #EventoMusical , #KiandaSessions , #ElingaTeatro