Kalaf Epalanga faz curadoria para o African Book Festival

Kalaf Epalanga faz curadoria para o African Book Festival

1 de outubro de 2019

Escritor e músico angolano Kalaf Epalanga vai ser o curador da terceira edição do maior evento dedicado aos escritores africanos. Denominado African Book Festival, o festival terá lugar em Abril do próximo ano, na cidade de Berlim, Alemanha.

O certame tem como tema central ‘Tell The Origin Stories’, ou seja ‘Conte as histórias de origem’, e vai reunir escritores do continente berço.

Entre os dias 17, 18 e 19 de Abril de 2020, o escritor angolano residente Portugal e Alemanha vai ser o comissário do festival que acolhe os escritores africanos residentes no continente ou na diáspora.

Este ano, a curadoria foi entregue a Ben Okri e o autor e cineasta Tsitsi Dangarembga foi o convidado principal. Já no ano passado, Olumide Popoola fez a curadoria e Chris Abani a atracção principal. 

Depois de as primeiras edições terem dois curadores nigerianos, agora é a vez de Kalaf Epalanga. Com este feito, o escritor poderá dar mais protagonismo à África lusófona.

A viver actualmente entre Berlim e Lisboa, como músico, Epalanga co-fundou a gravadora Enchufada, uma plataforma criativa e dinâmica que promove novos estilos musicais. Já fez parte da banda vencedora do MTV Europe Music Award, Buraka Som Sistema.

Publicou em Angola e Portugal duas colecções de crónicas literárias intituladas Estórias de Amor para Meninos de Cor e O Angolano que Comprou Lisboa (por metade do preço).

Em 2018, publicou em Angola, Portugal e Brasil o seu primeiro romance Brancos Sabem Dançar. O livro foi bastante aclamado pela crítica dos países lusófonos. 


Texto: Albino Tchilanda

Fotografia: Santo César

Fonte: Neovibe

Tags: #KalafEpalanga , #Escritor , #Músico , #Curador , #AfricanBookFestival , #Berlim , #Alemanha